Carlos Castilho Pais faz um retrato da atualidade Portuguesa...
Carlos Castilho Pais
País

Mar e tempestade e muitos barcos sem remos,
É neste país de monstros sem falarem
Onde mora a viagem inacabada
E o medo espreita em cada brisa matinal.

Gosto de unir os pássaros velozes
E de apartar o cão do gato faminto,
É a vida – como dizem – que me resta
De um abraço forte, intenso e puro.

À minha amada entrego o rebanho
E os pastos em flor de malmequer,
Que mais nada desejo, triste fico
E o anuncio aqui, agora e para sempre.

Carlos Castilho Pais
 
I Aniversário
Sala na SedeA ANIALL faz hoje, 1 de Junho de 2011, um ano de existência. Nasceu, fruto da teimosia de duas pessoas que escolheram não ignorar o mundo que as circunda. Estivemos, estamos e estaremos através da alfabetização de adultos, a criar condições para que todos tenham oportunidades de sucesso e realização pessoal. Continuamos a redescobrir e a desobscurecer a dignidade de pessoas que merecem contribuir com o seu melhor para uma sociedade menos fechada, com mais sorrisos inocentes e muitas mentes brilhantes.

Durante este ano muito se caminhou, mobilamos e informatizamos a nossa sede, adquirimos material para as formações, criamos condições físicas, formámos doze alfabetizadores; oito socorristas; organizámos uma conferência internacional; apresentámos um projeto “Ensinar Aprendendo”, com o propósito de em seis meses alfabetizar 330 pessoas; iniciámos um projeto de investigação num bairro social de Santarém; promovemos a integração social num bairro do Seixal e participámos em vários eventos nacionais e internacionais, de carácter científico, lúdico e informativo.

A ANIALL, embora tenha já sido convidada a pertencer a estruturas estatais, continua, como no início, a não depender de nenhum subsidio.

Agradecemos a todos os sócios, instituições, colegas e privados, que de uma maneira ou de outra contribuíram para o desenvolvimento da ANIALL, com alegria queremos partilhar convosco este dia e convidar-vos a intervir em mais um ano de sucessos.

Bem-hajam.

Ver fotos da sala na sede...
 
A Ásia em Livros
Asia em LivrosO Conselho de Administração da Fundação Oriente tem o prazer de convidar todos os sócios da ANIALL a estarem presentes na conferência "La Légende Royale dans l’Inde Ancienne- Râma et le Râmâyana, de Daniel Dubuisson". Inserida no Ciclo de Conferências "A Ásia em Livros", realiza-se no dia 26 de Maio de 2011, pelas 18:30 horas, no Centro de Documentação da Fundação Oriente. Mais informações estão disponíveis na página da Fundação.
 
O alfabetizador não é um professor
AlfabetizaçãoO indivíduo analfabeto é, desde que nasce, edificador do conhecimento, tentando permanentemente legitimar e compreender o mundo que o rodeia. É um indivíduo capaz de levantar o maior dos problemas e, per se, construir a maior das soluções criando, a cada passo dessas soluções, novos paradigmas e novas soluções.

O analfabeto adulto, nunca parte do nada para o todo, carrega com ele toda uma experiência de vida capaz de ensinamentos e surpresas permanentes para com o alfabetizador, defendendo-se das necessidades que a vida lhe criou com mecanismos, mais ou menos elaborados mas, na sua génese, de uma complexa e eficaz simplicidade. No método de Paulo Freire (método usado pela ANIALL), o alfabetizador recorre ao quotidiano do analfabeto para, com estímulos visuais (através de fotografias, desenhos, projeções mostradas em aula) associar as letras às sílabas e as sílabas às palavras, processando a fonética em escrita.
 
«InícioAnterior12345678910SeguinteFinal»

Pág. 8 de 12